Janela

by João Mortágua

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      €8 EUR  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    Big Case. Artwork: mariamonica.com

    Includes unlimited streaming of Janela via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 3 days

      €10 EUR or more 

     

1.
04:07
2.
02:36
3.
04:50
4.
01:05
5.
05:27
6.
05:19
7.
02:04
8.
04:31
9.
03:15
10.
04:08
11.
01:16
12.
04:23
13.
01:55
14.
03:33

about

An ode to life and dream (musical poems about human moods)

credits

released April 1, 2014

All songs by João Mortágua . Miguel Moreira (G) , José Carlos Barbosa (B) , José Marrucho (D) . Recorded/mixed by Fernando Rocha at numerica.pro . Stamp: portajazz.com

tags

license

all rights reserved

about

João Mortágua Porto, Portugal

With his own very personal view of jazz, João Mortágua has rapidly established himself as one of the most complete and challenging modern-day saxophonists in Portugal. His elegant compositions offer space both for solo improvisation and mesmerizing group dynamics. Mortágua recorded his first album “Janela” in 2014. Recently, he published “MIRRORS” (Live at Guimarães Jazz) and “AXES”. ... more

contact / help

Contact João Mortágua

Streaming and
Download help

Shipping and returns

Track Name: Ordem
Tanto tempo e o momento ainda está aqui, tão presente nunca o vi! No quadrante de um instante brilhante mando a dor para um tanque; no amor sigo a direito ó vento lento que o tempo é gigante. Eis então que a razão manifesta em mim a razão de ser assim; busco aqui e logo ali sem querer sequer entender de onde vim; sigo andando e caminhando vislumbro o campo e um canto que me diz sim! Estou presente no meu tempo e o momento lento de achar-me cá e lá; sigo ausente mas perseverante sempre em mira de um bom fim! Dou-me à vida e ela errante é sangue quente, amante e alento em mim.
Track Name: Portada
Abre a portada do ser de par em par para ser luar a arder no mar; Expande o que sentes aqui para despertar um outro lar e um ar em ti.
Track Name: Voo
Quero voar por entre as nuvens da estrada, voando a cada passo mais com os demais caminhantes, irmãos de caminhada. Vou enfrentar o chão imenso e o que penso é que já seguirei em frente nesta estrada e sigo bem, seguindo para além, até à madrugada! Quero voar por entre a luz da alvorada, bulindo a cada milha mais com os demais navegantes, irmãos de navegada. Juntos iremos sempre em frente, e a corrente fluente nos levará até jusante a segredar, se estamos a chegar sigamos a voar!
Track Name: Girândola
Leve no ar gira devagar o mundo em seu torno mas eu sem trono a procurar o bem estar e o pão na mesa, é tanta a despesa que eu não posso mais girar.
Track Name: Anima
Não basta abrir a janela para ver os campos e o rio, é preciso também não ter filosofia nenhuma... (A. Caeiro)
Track Name: Lego
Mais uma pecinha para cima do castelo que sobe, trepa pela colina.
Track Name: Logo
Mãe sem crer estou só enfim só eu em mim e hei-de encontrar no amor meu fim. Foi em ti que me revi, meu amor tão triste e sincero como o teu feliz!
Track Name: Recarga
Vem de cima e canta sem desafinar, a chama, é luz e dia a doutrina a expressar. Vem por entre sóis nos raios da manhã e feliz é triste e até se expande no ar.
Track Name: Pluma
Sobe como uma pluma e chega ao sol, não está tão distante! Ouve a bruma e o mar e o logo a brisa virá num instante! Segue a mesma luz outra vez que tem luz, não a vês pairante?